Neto LX inicia carreira solo

 

“A vida é estressante? Vem relaxar! Vem ver como milionário vive”, “Pra felicidade de vocês aqui o dinheiro transborda!”.  Bordões que circulam em todo o Brasil são assinados pelo cantor e compositor Neto LX, que acaba de lançar É Muita Luxúria, seu primeiro CD solo.

 

DOWNLOAD:   http://www.zeovocds.com/baixar1.php?id=7334

 

Neto que antes comandava a banda Luxúria é responsável pelo ritmo Arrochadeira Ostentação. “É uma mistura baiana do arrocha e do pagode com a ideologia da ostentação do rap e hip hop americanos e do funk da baixada santista”, explica Neto, contando que vai gravar DVD ao vivo no Salvador Fest, em setembro.

 

O artista nasceu em Ilhéus, extremo sul da Bahia e aos 17 anos já estava na linha de frente de bandas fazendo shows pelo Estado. O talento veio de casa vendo sua mãe Dona Edna cantar.

 

Foram diversas bandas como Madeirada do Arrocha, Um Love a Mais, Tah Garoto, Hit do Povo até quando em 2013, como cantor da Banda Luxúria - trabalho imerso na ideologia da ostentação inspirado por ele - alavancou milhares de seguidores nas redes sociais e de visualizações e downloads em sites de compartilhamento de video e áudio, chegando a realizar 28 shows por mês em períodos como Carnaval e São João.

 

As músicas “Vida Mais Ou Menos”, “Gordinho Gostoso” e “Menina Maluquinha (Agita o Baile)” juntas, somam mais de 1 milhão de players somente em um canal do youtube e todo o álbum tem mais de 26 milhões de players no PalcoMp3.

 

Das treze faixas que compõem o novo álbum, sete são regravações e seis inéditas, entre elas “Tudo Nosso Mesmo”, “Vou bancar Você”, “Hoje Eu Tô Podendo” e “A Carne Do Momento”.

 

Dentre os compositores, estão Tiago Doidão, DJ Ivis, Manoel Batista Lisboa, Luizinho Bala, Filipe Escandurras e Thierry Coringa. “São amigos e parceiros de longa data”, afirma Neto, lembrando que nesta nova fase, o tradicional banho de Champagne continua. “Painéis de LED, dançarinos, estrutura hightech são algumas das novidades dos próximos shows produzidos pela NovoPalco Produções Artísticas”, conta.

 

Apesar do sucesso nas redes sociais, Neto diz que é uma pessoa comum. “Gordinho. Não faço parte de estereótipos. Nas minhas músicas, falo de marcas, roupas de griffe, de carros e bebidas de luxo. Brinco com as coisas positivas relacionadas ao consumismo. O povo se identifica comigo e com a minha música. Profetizo coisas boas com humor e as pessoas se divertem. É impressionante chegar em diversos lugares do Brasil e ser recebido com carinho e alegria tanto por crianças, adultos, quanto pelos mais velhos”, afirma. 

 

Por Gabriele Galvão