Wesley Safadão vira rei da internet
Não há crise que deixe em pé os 53 centímetros de cabelo de Wesley Safadão, medidos com uma régua pela Folha após uma sessão de chapinha.
 
Num jatinho com seu nome grafado, o cearense de 27 anos cruza o país para apresentar seu forró em aniversário de empreiteiro no Recife, show em ginásio no interior do Piauí, estádio lotado por 50 mil em Brasília (quase um dia do festival Lollapalooza) e casa de show em SP onde também tocam Roberto Carlos e Morrissey.
 
Safadão tem 200 pessoas na equipe, 2,6 milhões de seguidores no Instagram, maratona de até 25 shows por mês e seis compositores para o que chama de "minha usina de hits".
 
Aparentado de sertanejos universitários que ostentam a vida de beber "champa" a bordo de Audis TT e Camaros amarelos, seu forró "Camarote" ganhou clipe com 35 milhões de visualizações no YouTube.
 
Há ainda "Vem pro meu Lounge" ("o after é lá em casa, com champanhe") e "Gelo na Balada", já cantado pelos Cavaleiros do Forró: "Sabe aquele gelo que você me deu?/ Tô tomando ele na balada com uísque e Red Bull".
 
Também tomou um banho de loja. Deu tchau às camisas ultracoloridas e estampadas que vestia no começo da carreira (virou adepto de cortes mais justos, em preto e branco). Prendeu num coque estilo samurai o cabelão escorrido que sempre foi sua marca registrada. As pulseiras de miçanga foram embora junto com os vestígios de anos 1990. "Hoje vejo as imagens... 'Carái', me vestia mal pra porra."
 
 
Fonte: Folha.